Mesa Redonda – 03/08

DIA 03/08 – Sexta-feira às 20h
ENTRADA FRANCA

Psicanálise e política: a questão do populismo

Christian Hoffmann

Psicanalista, Professor de Psicopatologia Clínica da Sorbonne Paris Cité, Universidade Paris Diderot. Diretor da ècole Doctorale Recherceh en Psychanalyse. Membro do comitê de direção do Centro de Pesquisa Psicanálise, Medicina e Sociedade (CRPMS). Membro do Espace Analytique.

Joel Birman

Psicanalista, membro do Espaço Brasileiro de Estudos Psicanalíticos e do Espace Analytique, Professor Titular do Instituto de Psicologia da UFRJ, Professor e Pesquisador de Pós-Graduação em Teoria Psicanalítica da UFRJ, Diretor de Estudos em Letras e Ciências Humanas, Universidade Paris VII, Pesquisador associado do Laboratório “Psicanálise, Medicina e Sociedade” e Professor associado da École Doctorale de Psychanalyse da Université Paris VII. Pesquisador e Consultor Ad-hoc do CNPq.

Paulo Vaz

Professor associado da Escola de Comunicação e do Programa Pós-Graduação em Comunicação e
Cultura da UFRJ. Pesquisador 1B do CNPq, suas pesquisas mais recentes abordam o discurso do risco na mídia, a cobertura jornalística da doença e do crime, a produção de subjetividades, a configuração da vítima virtual, as narrativas de sofrimento e os processos de identificação. É pesquisador do IDEA – Programa de Estudos Avançados da ECO/UFRJ. Foi representante de área no CNPq e é consultor ad hoc do CNPq, da Faperj e da Capes.

Mediação: Luciano Dias

Lançamento do livro homônimo de Joel Birman e Christian Hoffmann

O populismo é uma designação política utilizada tanto pela direita como pela esquerda, em geral com uma conotação pejorativa tacitamente aceita. Recentemente, o populismo tem sido repensado à luz de alguns conceitos psicanalíticos. A proposta dessa mesa é discutir releituras do populismo sob a ótica da psicanálise.