Tardes Polêmicas – 15/12

DIA 15/12 – Sexta-feira às 18h
ENTRADA FRANCA

Os destinos do sofrimento e da performance na atualidade: Entre psicofármacos e transferências

Maicon Cunha

Doutor em Teoria Psicanalítica; membro associado em formação do Círculo Psicanalítico do Rio de Janeiro (CPRJ); psicanalista do Instituto de Estudos da Complexidade (IEC).

Percorrendo um caminho que parte da identificação do fenômeno da medicalização da vida será realizando o diagnóstico de uma indústria farmacêutica centrada na ideia psicofarmacodependência. Para isso, será organizado um mapeamento que circunscreve uma articulação entre diversos polos da dimensão saber/poder na promoção de um ideário de felicidade em cápsulas. Essa trama será organizada tendo como pano de fundo as exigências de autonomia e performance na atualidade, fruto dos arranjos do consumismo, na perspectiva das economias neoliberais. Será organizada uma cartografia que identifica mudanças da modernidade à pós-modernidade, na qual o corpo hipermedicalizado foi o que restou como bem supremo nas sociedades do mal-estar, caracterizadas pelo horror à ideia de morte. No plano de uma démarche interna às continuidades e descontinuidades dentro da psicanálise, outro eixo importante será o tratamento do sofrimento psíquico atual no âmbito da transferência. Essa démarche será pautada pela apreensão do universo das drogas desde os primórdios da psicanálise, até a compreensão da figura do médico/analista como uma droga. Por fim será tematizada a metapsicologia dos Estados Limites, tomando a categoria de narcisismo negativo como analisador dos vínculos contemporâneos. 

NOVO HORÁRIO: 18h